quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Nosso caminho é trilhado com dores ou com levezas, por vezes as duas caminham juntas. Nem por isso devemos deixar a alegria de lado quando enfrentamos as dores que ultrapassam a alma. Temos que ter foco, força e fé. Nossa história pode ser traçada com leveza mesmo diante das adversidades, sem perder o sorriso e sem perder a esperança. Constatei que nosso caminho pode ser florido, que  plantamos o que colhemos e que sempre vamos ter alguém para caminhar junto. 
Que não seja apenas por nós, sejamos felizes por aqueles que seguram nossas mãos, que fazem dos nossos dias uma doce melodia. Pense que estamos apenas passando por uma tempestade e que ali na frente o sol vai brilhar e que você vai se bronzear e que a vida vai seguir seu rumo. Não será como era antes, isso com certeza não será. Será bem melhor, porque aprendemos muito, principalmente, a fazer dos pequenos gestos, grandes acontecimentos, de um pequeno sorriso, uma grande gargalhada.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Já estamos em fevereiro. Já são 5 meses de luta e com várias vitórias. Para cada batalha, Deus me concede uma vitória. Hoje estou menos ansiosa. Ontem fui ao médico, retirei os pontos da cirurgia e peguei o laudo anatomopatológico do linfonodo e do tumor.
Diagnóstico do tumor da mama: Carcinoma ductal invasivo de mama grau II
Diagnóstico dos linfonodos:
Linfonodo I: negativo para neoplasia
Linfonodo II: negativo para neoplasia
Linfonodo III: negativo para neoplasia.
Bons diagnósticos.
Quanto ao tratamento a mastologista me encaminhou para o oncologista. Como no hospital são três clínicas diferentes, fui encaminhada para o radioterapia e para a quimioterapia, isso para a avaliação clínica para saber quais serão os procedimentos. As consultas serão só em março, depois do carnaval.
Estou ainda com a axila e a mama doloridos, o que é normal, visto que tem poucos dias ainda da cirurgia. Mas estou tranquila e com muita fé que tudo terminará bem, pois tenho Deus e Nossa Senhora me acompanhando.

Seguidores