segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

É muito desgastante emocional e fisicamente deparar com tanta burocracia em coisas mínimas que são direitos adquiridos. É como remar, remar e não sair do lugar. Ainda não consegui descansar nem um minuto, esses dias só correria. Assuntos que tenho que tratar antes da minha cirurgia. Falta informação de onde e como devemos andar e fazer valer nossos direitos.
Hoje nem almoçar em casa eu consegui. Foi tanto xerox, protocolo, anda dali  para acolá, e as coisas andam 20% e temos que esperar acontecer os outros 80%.
Quanto à autorização do meu exame, nada!!! Infelizmente a nossa saúde anda muito precária mesmo. Nessa minha trajetória percebi que o câncer mata, porque mesmo quando diagnosticado precocemente, a demora para começar o tratamento é que vai desgastando e desanimando os pacientes. O meu diagnóstico saiu no dia 01 de outubro de 2014 e olha quanto tempo, já se vão quase 3 meses. Preciso apenas de uma autorização para um exame e isso, desde 18 de novembro. Por isso, o psicológico vence o físico e a desesperança nos abala.

Seguidores