domingo, 7 de novembro de 2010

Pedro Henrique

Dia 06, o dia chuvoso tal qual quando você nasceu. Mas para mim o dia brilhou quando vi você. Meu menino, meu bebê, tão frágil e que despertou um amor tão grande que pensei que não ia caber no peito. Hoje olho pra você, já é um homem, mas que para mim sempre será o meu menino. Te amo filho! E não se importe com a chuva, porque ela traz muita prosperidade e bonança e se todo ano chover no seu aniversário saiba que é Deus jogando suas bençãos sobre você.

Seguidores